Compromisso com excelência na pós graduação da UFJF

21 de Fevereiro de 2019

“Todos os esforços possíveis serão realizados para que consigamos dar este salto rumo à excelência”. Estas foram as palavras do reitor da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Marcus Vinicius David, durante a abertura do “Seminário do Meio: A excelência na pós-graduação da UFJF”. A iniciativa, promovida pela Pró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisa (Propp), ocorreu nesta quarta-feira, 20, no Anfiteatro das Pró-reitorias.

Marcus David relatou, perante representantes dos nove dos dez programas de pós-graduação da instituição avaliados com nota cinco na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) – Educação Física; Psicologia; Economia; História; Engenharia Elétrica; Linguística; Química; Saúde; e Ciência da Religião – os assuntos debatidos com o atual presidente da Capes, Anderson Correia. O reitor apresentou as preocupações da Capes com o atual cenário econômico do país, mas garantiu que a UFJF fará o possível para que a pós-graduação e a pesquisa tenham lugar privilegiado nos próximos anos, sem deixar de vislumbrar os limites orçamentários impostos pela atualidade.

“Vamos alocar recursos, que serão discutidos nas próximas reuniões do Consu, para os programas de pós-graduação que atendam a esta demanda de chegarem aos níveis mais elevados de excelência”, argumenta, apontando para a ideia de se fazer com que estes programas avancem até as notas mais altas de avaliação (6 e 7).

 

A pró-reitora de Pós-graduação e Pesquisa da UFJF, Mônica Ribeiro de Oliveira, explica que o Seminário do Meio é uma avaliação da Capes, destinada a todos os programas do Brasil que estão na metade do quadriênio avaliativo. “Aplicamos esta ideia para dentro da UFJF, no sentido de avaliarmos os programas que têm nota cinco e que podem, ao final deste quadriênio, chegar à nota seis, ao nível de excelência. Queremos vislumbrar quais as políticas institucionais que podem ser criadas para dar suporte a esses programas”, pondera.

Durante o seminário, foi apresentado um quadro geral sobre a atual situação da Capes e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), além do atual modelo multidimensional de atuação, adotado pela coordenação. O quadro local de evolução dos programas de pós-graduação da UFJF também foi objeto de debate.

O evento também contou com a participação da Diretora de Relações Internacionais da UFJF, Bárbara Daibert, que discutiu com os presentes o processo de internacionalização da pesquisa e da pós-graduação na Universidade.

 

Fonte: UFJF






Outras Notícias

De acordo com pró-reitora de Pós-graduação e Pesquisa, com o corte anunciado, a UFJF deixará de receber 50 BIC Jr. e 120 BIC

O vencedor do I2CELL Seed Award receberá um financiamento de 250 mil euros para desenvolver seu projeto durante três anos

Pesquisadores de várias instituições se uniram para buscar soluções que auxiliem os trabalhos de busca de desaparecidos.

As inscrições vão até dia 15 de março e serão selecionados projetos que atuem com as populações de Brumadinho e região