Desafio do Empreendedorismo do Legado Acadêmico

02 de Abril de 2019

HISTÓRICO

De acordo com dados da UNESCO, menos de 30% dos pesquisadores no mundo inteiro são mulheres. Nas Ciências Exatas, temos 18%, 8% e 2% de mulheres no bacharelado, mestrado e doutorado, respectivamente. Além disso, de acordo com dados do IBGE, menos de 40% dos cargos de liderança são ocupados por mulheres no Brasil.

A presença reduzida de mulheres na ciência e sua baixa participação em posições de liderança na academia e nos negócios levou a Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (FAPEMIG) a criar o Desafio do Empreendedorismo do Legado Acadêmico (DELA).

 

O DELA

O DELA objetiva promover a formação empreendedora de mulheres bolsistas de mestrado e doutorado da FAPEMIG, aproximando as mulheres do universo de empreendedorismo e inovação. 

O primeiro evento, o Workshop DELA, acontece dia 02 de abril, das 14h às 17h, na Reitoria da UFJF e terá os temas: A mulher na ciência: a história de Zélia Ludwig (UFJF) e Empoderamento, comunicação e liderança. As inscrições no evento são gratuitas e podem ser realizadas clicando aqui.

Os workshops visam sensibilizar, inspirar e motivar as pesquisadoras a participarem do projeto. Por meio de casos de sucesso de pesquisadoras empreendedoras, as potenciais participantes do programa poderão ampliar sua rede, formarem os seus times e terem acesso à conteúdos como liderança, negociação e networking. Após a seleção dos projetos, as participantes serão expostas, durante sete semanas, a conteúdos que as auxiliarão a identificarem o benefício da sua pesquisa para a sociedade, quais problemas podem ser solucionados através da sua aplicação prática, o papel da universidade no apoio à inovação, comunicação e tendências de futuro, familiarizando-as com diferentes etapas da criação de soluções inovadoras e com alto potencial de impacto.

O projeto busca, desta forma, preparar as bolsistas a interagirem com diferentes cenários, seja levando suas pesquisas para o mercado ou liderando ações empreendedoras dentro das universidades, tornando-as, assim, cada vez mais engajadas com o empreendedorismo e a inovação. A edição-piloto ocorrerá em seis cidades mineiras — Belo Horizonte, Juiz de Fora, Lavras, Montes Claros, Uberlândia e Viçosa —, cumprindo as seguintes etapas: Abril - abertura das inscrições e worshops; Maio - divulgação dos resultados; Maio e Junho - formação empreendedora; Julho - encerramento.

 

Fonte: Fapemig / com edição.






Outras Notícias

Segundo cientistas, é o primeiro coração com vasos sanguíneos, ventrículos e câmaras impresso em laboratório.

A abertura do Jardim para a sociedade é um passo importante da UFJF no processo de conservação

Reitor da UFJF, Marcus David, participou da audiência para discutir o corte em bolsas e projetos financiados pela Fapemig

Estudo feito na UFJF aponta que constructo psicológico é o mais influenciador, seguido pelo pessoal, cultural e social.