Jardim Botânico da UFJF é inaugurado nessa segunda-feira

12 de Abril de 2019

Ouvir o canto dos pássaros, se refugiar em meio ao ar puro da Floresta Atlântica e visitar a galeria de arte são apenas algumas das atrações que o público poderá conferir no Jardim Botânico da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Inaugurado na manhã desta sexta-feira (12) com a presença de autoridades e representantes da sociedade, o espaço, localizado na Mata do Krambeck, possui 82,7 hectares de área preservada e uma beleza natural impressionante. O espaço dedicado a visitação conta com cerca de 500 espécies vegetais, entre plantas nativas, populações raras ou em extinção. A beleza não fica só com as plantas, mas também com a fauna, que encanta e surpreende, uma vez que o local faz parte da rota de aves migratórias.

De acordo com a pró-reitora de extensão, Ana Lívia Coimbra, esse momento estabelece um marco, congrega e celebra o ensino a pesquisa e a extensão, em uma conjuntura de tentativas de retrocesso que se faz necessário reafirmar a história em todo momento e afirma que é a partir da “interação que construiremos muitas histórias e experiências”.

O magnifico reitor, Marcus David, destacou durante cerimônia de abertura o papel que a Universidade Pública cumpre na sociedade, enfatizando que as Universidades vão muito além de formar profissionais.

“Faz parte da sua missão se fazer presente na vida da comunidade em que está inserida. Através dos projetos de extensão e pesquisa, buscamos levar o conhecimento para a melhoria de vida da população. O trabalho extensionista se dá através de atividades de desenvolvimento social, econômicas, de inovação e de ações culturais. Todas as interações com a sociedade envolvem o cumprimento social e é nesse contexto que se insere o jardim Botânico: mais um importante instrumento de ensino, pesquisa e extensão. É a universidade pública cumprindo a sua função da forma mais fundamental. Um espaço como esse irá permitir uma maior inserção, oferecendo educação ambiental e criando conscientização da população. A UFJF está presente na comunidade e vai continuar cumprindo sua missão de estar”, destaca o reitor.

Um espaço para escutar a natureza

A abertura do Jardim para a sociedade é um passo importante da UFJF no processo de conservação. Mas não se espante, uma das importantes prioridades do Jardim é o convite a harmonia e contemplação da natureza. Portanto, ao visitar o Jardim lembre-se: nada de sons eletrônicos, opte pelos fones de ouvido ou contemple os sons da natureza; leve água, lanche, repelente e protetor solar.

Garantindo a conservação do local e do bioma, é proibida a coleta de amostras biológicas, como plantas e animais.

O acesso ao Jardim Botânico é gratuito e não necessita de agendamento para visitas espontâneas, porém só recebe cem visitantes por vez, sem limite diário. O Jardim não conta com estacionamento e as trilhas são realizadas a pé.

O horário de funcionamento será de terça a sexta-feira e aos domingos, das 8h às 17h, com entrada permitida até às 16h30. O Jardim Botânico tem acesso pela Rua Coronel Almeida Novaes s/n, no Bairro Santa Terezinha.

 

Instagram: @jardimbotanicoufjf

Facebook: @jardimbotanicoufjf






Outras Notícias

Segundo cientistas, é o primeiro coração com vasos sanguíneos, ventrículos e câmaras impresso em laboratório.

Reitor da UFJF, Marcus David, participou da audiência para discutir o corte em bolsas e projetos financiados pela Fapemig

O DELA objetiva promover a formação empreendedora de mulheres bolsistas de mestrado e doutorado da FAPEMIG

Estudo feito na UFJF aponta que constructo psicológico é o mais influenciador, seguido pelo pessoal, cultural e social.